O linux será utilizado no Camry da montadora Toyota

A Toyota Informou que vai utilizar em seu luxioso Camry nas versões de 2018 o AGL (Automotive Grande Linux), sistema operacional de código aberto que hospedado pela The Linux foundation.

A marca japonesa sera o primeiro carro ser produzido a ser equipado com o sistema operacional linux, isso é muito importante para a AGL, porque o carro é muito popular é principalmente nos Estados Unidos.

A central do carro é basicamente a mesma , tem que mostra as informações do carro,dados do navegação,telefone,multimídia outros aplicativos, já no caso da AGL tem uma grande ideia de um sistema operacional unificado e compatível com os outro sistemas operacionais dos outras montadoras, e com isso pode unificar todos os aplicativos dos outros carros.

A toyota já tem o seu sistema operacional, mais não tem uma boa compatibilidade com os outros aplicativos, são poucos que são como o Yelp.Com a mudança a montadora não vai se preocupar de fazer o sistema operacional do zero, e não se preocupar com a compatibilidade com muitos aplicativos de carro.O AppSuite Connect vai deixar a marca japonesa com uma grande integração com os outros aplicativos mais não foi divulgado quais são os aplicativos compatíveis.

Nas versões mais baratas do Camry nos outros países os motoristas, pode usar o aplicativo Scout para navegação através do seu smartphone, mais na versão mais completa virão com a função com o próprio carro na central, sera atualizado através da rede 4g compatível no pais que também poderá servi como um roteador wi-fi para ser utilizado para os passageiros.

A AGL é totalmente compatível com o Android Auto e Apple car play, mais a Toyota não confirmou que seu carro vai deixar se integrado e como vai fazer sobre isso .

O sistema operacional linux, não é utilizado pela primeira vez na industria automotiva, como a QNX da Black berry, teve a como base o linux e o Sync 3 da Ford também utilizou também.

 

FONTE(S) TECMUNDO

IMAGEM(S) ESTADÃO