Play Store tinha 500 aplicativos infectados

Play Store:

A Lookout uma empresa de segurança digital, ela verificou falhas em mais de 500 app na Play Store a loja oficial da Google, esses aplicativos foram baixados mais de 100 milhões.

A empresa de segurança informou que os aplicativos passaram sem ser percebidos porque a falha não estava no código fonte, os seus criadores não tinham a miníma ideia de que o seus aplicativos apresentavam riscos para os usuários, os aplicativos usavam uma ferramenta que se chamava Igenix e era ela que ocorria a brecha.

O aplicativo Igenix é um facilitador de comunicação da redes de propagandas, ele coleta as informações do usuário e redireciona a propaganda adequada para o seu gosto, mas o sistema coletava mais informações sobre o usuário.

Como Fazia:

A Lookout a empresa de segurança digital informou que os aplicativos que estava na Play Store realmente não tinha nada, mas quando o usuário instalava ele fazia um pedido para o servidor do Igenix e fazia o download de dados criptografados, onde eles tinham alguns códigos maliciosos.

Esses códigos pegava os dados dos usuários como chamadas, números, horários e duração das ligações, listas de redes wi-fi, locais dos GPS e outras e valiosas informações.

Aplicativos:

Os criadores dos aplicativos realmente não sabiam que estavam prejudicando os usuários dos seus app, os aplicativos infectados tinham um jogo que foi baixado mais de 50 milhões de vezes que foi feito para adolescentes.

Aplicativos de clima e meteorologia tinha em média de 5 milhões de downloads, os aplicativos de rádios tinham uma media de um milhão de downloads, os App de saúde, educação e viagem tinham uma média de 500 mil de downloads.

Google:

A gingate de busca pela internet informou que os aplicativos que corria risco não está sendo mais oferecido mais preocupação aos usuários porque os aplicativos que usava os Igenix não está mais ativa nos servidores.

FONTE(S) OLHAR DIGITAL

IMAGEM(S) PIXA BAY